Dia Internacional da Mulher

                      Dia Internacional das Mulheres, 8 de março de 2021. Diante de um cenário sinistro em que vive o país, é fundamental a participação efetiva das mulheres em defesa de uma sociedade desenvolvida em todo o mundo. O papel da participação e força feminina na história da sociedade e política das civilizações é histórico e imprescindível em um mundo extremamente machista.  Sem isso certamente o curso da história ao longo dos séculos seria bem mais pobre. Algumas mulheres marcantes ao longo da história:

 

Cleópatra, Rainha do Egito, 51-30 aC, Maria Magdalena, seguidora dos pensamentos revolucionários de Jesus, e sua mulher. Joana Darc, comandante do exercito Francês  em uma das sucessões de reinados da França no inicio do século XV, com várias conquistas na guerra dos 100 anos. Hoje é a padroeira da França. Andrée Peel, da Resistência francesa contra as forças da invasão nazista alemã na França durante a segunda guerra, ajudou as forças aliadas a entrarem em seu país. Evita Peron, líder política e Primeira Dama, lutou pelos direitos das mulheres argentinas e contribuiu para que tivessem o direito do voto, durante o peronismo, entre 1946 e 1952. Maria Bonita, esposa de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, foi a primeira mulher cangaceira, conhecida pelo bando como Maria da Déa, Rainha do cangaço, curiosamente nascida em 8 de março de 1911. Marielle Franco, ativista política e socióloga, lutou pelos direitos das mulheres brasileiras e moradores das comunidades carentes do Rio de Janeiro  e pelos direitos humanos, foi assassinada no dia 14 de março de 2018, até hoje nada foi  esclarecido.

Clara Zetkin, professora e ativista alemã, propôs que deveria haver um Dia Internacional da Mulher que acontecesse em todos os países e todos os anos. Sua ideia foi recebida com aprovação unânime e nasceu o Dia Internacional da Mulher, em 18 de março de 1911. 

                                                           

 

 

 

 

A História

                          "Em 1857, as trabalhadoras do setor de confecção em Nova York protestavam por melhores salários e condições de trabalho. As mulheres nesta indústria trabalhavam jornadas incrivelmente longas em condições perigosas e desumanas. Elas também recebiam muito menos do que os homens. Elas realizaram seu primeiro protesto em 8 de março de 1857. Este acontecimento levou à criação do primeiro sindicato feminino.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                   

                   

Em março de 1908, 15 mil mulheres marcharam pela cidade de Nova York para exigir menos horas na jornada de trabalho, melhores salários e direito ao voto.

                   Em 1911, o primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 18 de março. Mais de um milhão de homens e mulheres compareceram a marchas, protestos e campanhas em nações como Estados Unidos, Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça.                   " 

            Finalmente após anos de protestos por melhorias nas condições de trabalhos das mulheres em datas indefinidas,  foi escolhida por unanimidade entre as os países o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher realizado anualmente em todo o mundo desde 1914.

Untitled-1.jpg

Fotos e Imagens

Veja a galeria

©2021 Fotos E Imagens - Todos os direitos reservados.